quinta-feira, 6 de junho de 2013

Nutrientes do bom humor

 

Determinados nutrientes são capazes de regular a fabricação de neurotransmissores (NT), grupo de substâncias químicas responsáveis pela comunicação das células no cérebro e pela regulação do humor. Os NT precisam estar em níveis adequados para que haja sensação de felicidade e satisfação. São três os principais: serotonina, dopamina e noradrenalina. A serotonina é derivada do aminoácido triptofano e os dois últimos são produzidos através da tirosina. Esses aminoácidos encontram-se em alimentos como: grão-de-bico, ervilha e feijões; carnes, peixes, ovos, leite e seus derivados.
Veja exemplos de alterações e como combatê-las:


Disposição: os carboidratos - massas, pães, batata, arroz - são fundamentais para o funcionamento do cérebro. Aumentam as taxas de insulina, que provoca maior captação dos aminoácidos que competem com o triptofano para entrar no cérebro. Assim, o triptofano fica em maiores quantidades, colaborando para a produção e a atividade da serotonina. Dica: consumir cereais integrais, que oferecem cromo, outro mineral aliado da disposição.
Afasta a fadiga: magnésio, responsável pelo aproveitamento de energia nas células. Presente em sementes de abóbora e oleaginosas.
Irritação: o cérebro precisa de outros nutrientes, não apenas glicose: o ômega-3 encontrado nos pescados de água fria, como o atum e o salmão, colabora para a produção de NT.
Desânimo e nervosismo: vitaminas do complexo B e ácido fólico, presente em vegetais como brócolis, tomate e rúcula, são importantes. O ácido fólico interage com os NT. Vitamina B6: atua no cérebro e é essencial para o aproveitamento dos carboidratos e na condução dos impulsos nervosos. Milho e banana são fontes. Vitamina B12: sua deficiência está relacionada com a depressão, e sua reposição é capaz de reverter o quadro. Vitamina B1: presente no pistache e no caju, é essencial na síntese de NT relacionados ao bem-estar.



TPM
Alguns nutrientes são essenciais, pois estimulam a produção de neurotransmissores que ajudam a equilibrar as oscilações de humor que acompanham a ação dos hormônios femininos:

VITAMINA B6: diminui a irritabilidade, alivia a dor de cabeça. Fontes: feijão, aveia, banana etc.

MAGNÉSIO: reduz ansiedade e retenção de líquidos. Fontes: abacate e cereais integrais.


SOJA E LINHAÇA: regulam os níveis de estrogênio e progesterona. 
Em equilíbrio, esses hormônios afastam os incômodos da menstruação.

A vontade irresistível de comer chocolate pode ser devido à deficiência de magnésio no organismo neste período, pois o alimento é rico neste nutriente, que também estimula a produção de serotonina, neurotransmissor ligado ao bem-estar. 
Porém, lembre-se: se você restringe muito o consumo de doces, o desejo por estes alimentos tende a aumentar!

*Procure sempre um nutricionista capacitado para ajudar você a ter uma alimentação balanceada!



Nenhum comentário:

Postar um comentário